quarta-feira, 22 de junho de 2011

Quando o Pequenino É Grande

João sonhou que, ao morrer, foi levado pelos anjos a um belo templo.
Durante muito tempo ele ficou admirando o esplendor daquele local.
Foi então que, de repente, percebeu que faltava uma pedra para completar a construção.
Toda a obra estava concluída com exceção do espaço correspondente a uma pedra.
Dirigindo-se ao Arcanjo Miguel e perguntou:
"Por que está faltando uma pedra no templo?"
Aí ele respondeu:
"Este é o seu material.

Você ficou o tempo todo tentando fazer coisas grandiosas e nunca terminou nenhuma delas,deixando, assim, de enviar

a sua parte na construção do templo."
João ficou muito surpreso e, naquele instante, acordou.
Resolveu que, daquele dia em diante, seria fiel a Deus nas pequenas coisas.
Amados, como João pense bem, nós temos a mania de achar que só as grandes iniciativas e os grandes projetos
têm valor diante dos homens.
Queremos ser notados como grandes empreendedores e autores de façanhas que nos proporcionem destaque e

notoriedade.
Temos levado esse mesmo pensamento para as nossas igrejas.
Todos nós queremos estar diante dos holofotes.
Não nos contentamos com os cargos menores e, não raras vezes, até saímos da igreja se o nosso nome não for
lembrado a uma liderança.
Os servos, que deveriam ser como diz o nome, "servos", querem dar as ordens.
Quando agimos assim, sem humildade e submissão, acabamos recebendo coisas que eu não prefiro falar.
Hei!!! Ainda dá tempo, a maior obra que podemos fazer para Deus é aquela que Ele determinou que fizéssemos, mesmo
sendo ela bem pequenina!
Atenção Mosqueteiros de Jesus!!!!!!!!
Evangelize...

Nenhum comentário:

Postar um comentário